Logo

O superblog de email marketing O blog de referência de Mailify: encontre todas as informações sobre email marketing em emailing.biz
Captain Inbox
por
Sempre a lutar pelo bem do email marketing e a ajudar aqueles que exigem o melhor para o seu conteúdo.
on 13 Dezembro 2019 | 0 Comment

Email marketing: 16 dicas para escrever um assunto que converte

Escrever um assunto que funciona nem sempre é fácil.

No entanto, existem regras tácitas que qualquer profissional de marketing digno desse nome deve respeitar a todo o custo.

Aqui está uma lista de dicas para colocar em prática nos seus emails, de modo a aumentar as suas taxas de abertura e as suas conversões.

 

1. Gaste o tempo necessário

No processo de criação de um email, a redação do assunto geralmente vem em último, depois de se ter escrito todo o conteúdo. Fique a saber que isso é um erro grave.

De fato, uma vez que o conteúdo é escrito, tendemos a pensar que a maior parte do trabalho está feita e que há apenas meros detalhes a apurar. Estamos mesmo com pressa para enviar este email.

O assunto é então relegado para a posição de “detalhe”, quando é provavelmente o elemento mais importante do seu email! É o assunto que acionará ou não a abertura; é a base de toda a conversão e de toda a sua rentabilidade.

Então, comece por escrever o assunto do seu email antes do conteúdo para evitar esvaziá-lo de importância. Reserve um tempo para fazê-lo.

 

2. Escreva muitos assuntos

Não pare numa única ideia! Sinta-se à vontade para colocar no papel uns bons vinte ou mais assuntos e experimentar coisas que são fora do comum, desenvolvendo a sua imaginação.

Você ficará surpreendido com a sua capacidade de inventar assuntos originais e atrativos.

Além disso, procure também usar sinônimos e alterar a estrutura das suas frases, para ajudá-lo a encontrar variantes.

Escolha o que achar mais adequado e não hesite em procurar o conselho dos seus colegas para fazer a escolha certa.

 

3. Nem muito longo nem muito curto

O tamanho ideal de um assunto de email não existe. No entanto, um assunto que é muito longo não vai atrair a atenção dos destinatários, uma vez que há uma grande probabilidade de não ser exibido na íntegra.

No geral, saem favorecidos aqueles que têm cerca de 6 a 10 palavras e à volta de cinquenta caracteres no máximo.

Ao definir esse tamanho, você se forçará a condensar a maior parte da informação em poucas palavras. Isso só pode ser positivo para os seus assuntos!

 

4. Coloque as palavras importantes no começo

As palavras-chave do seu assunto devem aparecer imperativamente nos primeiros 3 ou 4 termos.

Com quase 50% dos emails abertos no celular hoje em dia, você deve se adaptar à exibição neste suporte. 

No entanto, os webmails no smartphone deixam espaço para muito poucos caracteres no assunto, quase menos de metade!

É por isso que as informações essenciais devem ser colocadas no princípio, para que todo o seu público possa obter as informações principais. Assim você maximiza as probabilidades de que o seu email seja aberto!

 

5. Personalização

Se existe um elemento sobre o qual temos a certeza que exerce um impacto positivo a 100%, esse elemento é a personalização. Desde que seja bem feita!

Use os dados que você tem dos seus contatos (como o nome, o apelido, o título…) e adicione-os ao assunto.

Um assunto personalizado atrai imediatamente a atenção, especialmente quando o primeiro nome do destinatário está presente.

A personalização não é mais um segredo hoje, mas você pode usá-lo para muitos propósitos! Os apelidos e primeiros nomes não são os únicos elementos usados ​​para personalizar um objeto. Localização, idade, hábitos de compras … Todos esses elementos são bons para personalizar um email!

Cabe a você ter uma base suficientemente qualificada e exaustiva.

 

6. Interpele com uma pergunta

Um bom assunto é um assunto que desafia, que atrai a atenção. Que melhor maneira de chamar a atenção do leitor do que falar diretamente com ele?

Fazer uma pergunta no assunto pode ser uma boa maneira de fazê-lo reagir ao seu email.

Tenha cuidado para não parecer inadequado: não faça perguntas muito pessoais ou diretas. Sugira a ideia de que você tem a solução para um problema com que o seu destinatário poderá se confrontar, por exemplo.

 

7. Seja explícito …

O seu assunto deve apresentar explicitamente as vantagens a oferecer à pessoa que irá abri-lo. Não seja evasivo com itens como “Newsletter de 5 de fevereiro” ou “Confira as nossas notícias”.

Deixe claro que você está tentando vender no seu assunto, não oculte essa realidade. E acima de tudo, seja honesto sobre o conteúdo! Não tente atrair os seus leitores com conteúdo que não corresponda à promessa no assunto.

 

8.  … enquanto permanece intrigante

Mas ser explícito não significa que seja proibido fazer uma pequena provocação! Seja ousado e não diga tudo agora mesmo.

Há uma grande diferença entre a confusão e o mistério. A confusão deriva do uso de palavras evasivas, que evocam nada em particular, enquanto o mistério deve intrigar.

 

9. Crie uma sensação de urgência

Esta é uma dica clássica em marketing. Criar uma sensação de urgência no seu alvo aumenta as chances de que ele clique na sua oferta.

No assunto do seu email, não hesite em mostrar aos seus destinatários que o tempo é curto, que a sua oferta é efêmera e que só os mais rápidos de entre eles poderão desfrutar da mesma.

Essa ideia também se une à necessidade de criar um sentido de privilégio no destinatário. Você deve dar-lhe a impressão de que vai usufruir mais do que os outros, de que fará um bom negócio e que terá um bom lucro.

 

10. Evite palavras spam

As palavras de spam são termos cujo uso deve ser evitado nos seus emails. De outra forma, estes podem ser considerados spam.

Essas palavras são difíceis de categorizar mas, no geral, evite aquelas que dizem respeito a descontos, termos demasiado “marketing” ou “vendedores” e, especialmente, não fale sobre produtos ilegais …

Esteja ciente de que o uso de palavras de spam não é necessariamente inaceitável, mas elas contribuem para a sua pontuação de spam. Esta pontuação tem em conta o todo do seu e-mail (texto, layout, peso, etc …).

Webmails e FAI têm regras diferentes em relação ao spam de um email. Essas regras, por não serem imutáveis, são impossíveis de listar com exatidão, de modo a contorná-las.

 

11. Trabalhe o formulário: legível mas plausível

Para incentivar o desejo de os seus destinatários abrirem o seu e-mail, às vezes é necessário fazer-se “passar” por um amigo. 

Sem mencionar a técnica RE: tente escrever o seu assunto sem letras maiúsculas ou pontuação, como se você fosse um amigo ou colega que envia um email rapidamente.

Por exemplo: “para fazer um bom negócio é aqui” ou “a descoberta do dia”

É muito simples e pode não parecer muito profissional no começo, mas acredite que este truque realmente funciona. Acrescente um pouco de humor e ele fará o resto sozinho!

 

12. Evite ser demasiado vendedor

Claro, o propósito do seu email é vender. Mas não ataque os seus destinatários diretamente com termos de marketing, nem faça chover promoções especiais sobre eles.

Você precisa de trazê-los tranquilamente para o seu conteúdo e mostrar-lhes como poderão sair beneficiados com a sua oferta. 

De outra maneira, você corre o risco de colocar spam e prejudicar a sua entregabilidade!

 

13. Faça listas criptografadas

As listas criptografadas funcionam muito bem na web. “As 10 razões para …”, “25 dicas para melhorar …”, etc …

Essas listas funcionam porque são fáceis de ler. Se você tem um blog, não hesite em escrever artigos deste tipo e colocar o título do artigo no assunto da sua newsletter.

Isso aumentará sem dúvida as suas aberturas!

 

14. Diga obrigado

Aqui estamos totalmente fora do quadro das regras anteriores. Mas o fato de colocar “Obrigado por tudo!” ou outra frase de agradecimento no assunto gera taxas de abertura tremendas.

Por outro lado, não diga “obrigado” sem motivo. Deve estar relacionado com uma época do ano em particular ou com uma ação da parte dos seus destinatários.

Em suma, você mostra que não está apenas lá para ganhar dinheiro com os seus contatos, mas que pensa neles e que é sincero!

 

15. Use símbolos

Símbolos e emojis ainda são pouco usados ​​hoje em dia. No entanto, eles permitem que uma marca seja reconhecida à primeira vista pelos seus destinatários numa caixa de correio, distinguindo-se do enorme fluxo de emails diários recebidos pelos utilizadores da Internet.

Portanto, use símbolos relacionados com a sua atividade ou com o conteúdo do seu email para se apresentar devidamente!

Tenha cuidado para não cair no excesso nem usar símbolos muito kitsch. Isso pode penalizá-lo!

 

16. Faça testes A/B

Testes A / B são usados ​​para testar duas versões diferentes de um email ou um assunto. Esta é uma técnica extremamente prática que permite avaliar qual das suas ideias é a melhor, sobretudo quando hesita entre duas.

Ambas as versões são enviadas para partes representativas da lista de destinatários final. Os resultados são comparados para definir o melhor.

Usar uma ferramenta de email marketing como Mailify  torna muito fácil realizar esse tipo de teste, sendo uma ótima maneira de melhorar a sua estratégia de marketing por email!

Para concluir, convido-o a testar sempre diferentes assuntos e a não ter medo da originalidade. Isso é o que importa hoje em dia, enquanto o spam governa as caixas de correio. Destaque-se, seja ousado, seja engraçado, desafie-se e diga a você mesmo que sempre pode fazer melhor!

 

Pesquise palavras para chegar a esta página:

  • o que colocar no assunto
  • assunto do email
  • exemplo de envio profissional de assuntos
  • PERSPECTIVA DE MANUTENÇÃO DE assuntos
  • assunto do email
  • o que colocar no assunto de um email SENTIMENTAL
  • exemplo de email

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *